FRIEDRICH VON HUENE

Entre A Ciência E A Fé

Que estranhos motivos poderiam fazer com que um famoso e conceituado professor alemão, de família nobre, detentor do título de barão, deixasse o conforto de sua casa para viajar a um país totalmente estranho e ali permanecer por quase um ano, vivendo boa parte do tempo em barracas improvisadas, enfrentando o frio e a chuva de invernos rigorosos, quando nem as carroças conseguiam superar as precárias estradas existentes? A resposta é simples: a paixão pela paleontologia. Só ela justifica a vinda de Friedrich von Huene ao sul do Brasil, mais exatamente a Santa Maria e São Pedro do Sul, no início deste século, em busca de répteis fósseis que até hoje afloram na região. Aliás, esta mesma paixão gerava dilema permanente no homem profundamente religioso que era, pois a todo momento se deparava com questões que pareciam contrariar as sagradas escrituras e colocar à prova a sua própria fé.

Cesar L. Schultz e Michael Holz


Principal | A revista PORT/ESP | Autores | Catálogo | Próximas edições | Como comprar |
Como publicar PORT/ESP | Livro de visitas | Equipe | Contato | UFSM
© 2002-2019 Ciência&Ambiente — Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por Pierin.com