... Edição: 2002 - Vol. 27 - N° 01 > Editorial > Índice > Resumo
 
O PROCESSO DE CONSTRUÇÃO DA LINGUAGEM A PARTIR DOS APORTES DE PIAGET E MATURANA

Fabiane Adela Tonetto Costas
José Kolling
Marinês Cendron Fernandes
Paulo Augusto Cabral
.

O artigo que segue toma como pressupostos referenciais as teorias de Piaget e Maturana, buscando aproximações e distanciamentos entre ambos no que tange à Linguagem. Pelo inegável papel da Linguagem na construção cognitiva dos processos mentais, por ser inerente ao humano e pelo enfoque dispensado a essa pelos autores supracitados, pensou-se que uma releitura epistemológica poderá vir a contribuir no fazer pedagógico e docente. Piaget, durante suas pesquisas no século XX, estudou a Linguagem como algo estreitamente próximo ao pensamento humano. Maturana, investigador das últimas décadas do século XX e início do XXI, instiga o leitor por abranger caracteres antropológicos e biológicos pertinentes a aquisição da linguagem. Estabelece diferenças entre linguagem e linguajar, postulando que aparte a linguagem e a emoção, não há acontecimentos que pressuponham vida. Após a interface entre Piaget e Maturana sobre Linguagem, sintetizou-se pontos basilares de ambas abordagens. Finalizou-se o artigo de forma transitória, visto que autores dessa magnitude precisam e merecem ser melhor contemplados, embora o almejado tenha sido instigar o leitor a aprofundar o estudo teórico para a busca de novos olhares e ações práticas.

Palavras-Chave: Lingugem-Piaget-Maturana

 
Ler artigo
View abstract

.