... Edição: 2004 - Vol. 29 - N° 02 > Editorial > Índice > Resumo
 
Imaginário, representações sociais e formação de professores (as): entre saberes e fazeres pedagógicos

Helenise Sangoi Antunes
Valeska Fortes de Oliveira
Valdo Hermes de Lima Barcelos
.

Este artigo foi elaborado com a intenção de estabelecer um diálogo entre as Teorias do Imaginário e a Formação de Professores (as). Num primeiro momento, apresentamos uma breve retrospectiva sobre o campo da pesquisa em imaginário, bem como sua contribuição como forma de abordagem em investigações da formação de professores (as). Como encaminhamento final, apresentamos algumas alternativas possíveis de pesquisa por nós já realizadas, em que o diálogo entre imaginário e formação de professores (as) foi o orientador de nossos olhares de pesquisadores (as) em educação. Sob essa perspectiva, apresentamos três exemplos de possibilidades de pesquisa desenvolvidos por Barcelos (2004), Oliveira (2004) e Antunes (2004), vinculadas ao GEPEIS (Grupo de Estudos e Pesquisas em Educação e Imaginário Social). Essas pesquisas articulam, de forma dinâmica e reflexiva, investigações cujo principal objetivo é promover uma aproximação entre as significações construídas sobre o que é ser professor, estabelecendo dessa forma possibilidades concretas através da valorização das narrativas orais e escritas como estratégias de formação e auto-formação.

Palavras-chave: Imaginário. Representações Sociais. Formação de Professores (as).

 
Ler artigo
View abstract

.