... Edição: 2004 - Vol. 29 - N° 02 > Editorial > Índice > Resumo
 
Formação do professor do ensino superior: um processo que se aprende?

Silvia Maria de Aguiar Isaia
Doris Pires Vargas Bolzan
.

Este artigo se organiza a partir de estudos e pesquisas sobre a docência superior em Instituição de Ensino Superior - IES. A reflexão aqui proposta aponta alguns elementos essenciais para a construção das competências necessárias e desejáveis para a atuação docente na universidade. Assim, apresentaremos os achados de pesquisa cujas preocupações envolvem a temática dos desafios contemporâneos, visando formar docentes para atuarem no ensino superior. Os desafios são delineados a partir de duas questões iniciais: 1) Como se aprende a ser professor? 2) Como se constrói o conhecimento pedagógico necessário para este aprender? A primeira questão focaliza a necessidade dos professores tomarem consciência de seus processos formativos, refletindo sobre os mesmos e, ao mesmo tempo estarem cientes de que este é um dos caminhos para aprenderem a ser docentes. A segunda trata da tessitura de uma rede de interações para a construção do conhecimento pedagógico compartilhado, possibilitando, através do diálogo, a reflexão sobre idéias, opiniões e contradições, oriundas deste processo interativo e mediacional, permitindo a produção de um “novo” conhecimento pedagógico. A partir dessas discussões, apontamos para a importância da construção de uma rede de mediações capaz de propiciar a formação de professores vista como um espaço interdisciplinar de compartilhamento pedagógico e epistemológico, para o qual convergem os saberes da docência, a integração e a troca de experiências, necessárias a essa formação. Neste sentido, as questões trabalhadas neste artigo trazem aportes à pedagogia universitária, entendendo-a para além de práticas convencionais, reafirmando-se, assim, a pertinência da reflexão: ser professor do ensino superior é um processo que se aprende?

Palavras-chave: Formação de Professores. Trajetórias de Formação. Aprendizagem Compartilhada. Conhecimento Pedagógico Compartilhado. Rede de Interações e Mediações.

 
Ler artigo
View abstract

.