... Edição: 2005 - Vol. 30 - N° 02 > Editorial > Índice > Resumo
 
História, Educação e Civilidades: a correspondência como um saber escolar na Escola Normal entre as décadas de 1930 a 1960

Maria Teresa Santos Cunha
O mestre deve ser grave sem ser severo. Deve ser
correto, pontual,(...) ter bons modos sempre,.
(Manual de Civilidade e Etiqueta/ 1942)
.

Este texto pretende analisar como Manuais de Civilidade, presentes na Escola Normal entre as décadas de 1930 e 1960, prescreviam normas para as artes de escrever e eram recomendados como leituras para a formação de professoras e professores do Ensino Primário. Eles prescreviam normas de conduta e bons modos para a vida em sociedade. No âmbito da correspondência fixavam regras que serviam de apoio para a aprendizagem dessa forma de escrita, transformando-a em um saber escolarizado.A análise de um Manual muito utilizado em SC e no RS evidencia que prescrições deste livro reverberam em inúmeras práticas de escrita presentes no cotidiano escolar e autorizam a concluir que seu repertório de atos fazia parte de um programa de civilidades adotado pela Escola do período.

Palavras-chave: Manuais de Civilidade. Educação Escolarizada. História da Educação.

 
Ler artigo
View abstract

.